Tela Brasil – O portal de formação e informação sobre o universo audiovisual » Blog Archive » Professor Pardal do cinema nacional

Professor Pardal do cinema nacional

Redação TelaBr - 08.05.2013

“Como a imagem desta cena está estática, sendo que a câmera está se movimentando?”. Foi essa pergunta que fez com que Alison Galetto se interessasse pela magia do Audiovisual. O movimento intrigante de câmera que via nos filmes na televisão o desafiou a se aventurar com a máquina fotográfica amadora. “Foi nesta época, quando tinha 14 anos, que comecei a pegar a câmera, sem instrução nenhuma, somente trocando idéias com meu irmão. Fui tentando olhar as cenas dos filmes, os ângulos que deixavam as imagens bonitas, e tentar fazer algo semelhante, filmando natureza, pessoas, carros…”, relembra.

A partir de então, embarcou com o irmão, Nilson, em uma busca por conhecimento. Quando Nilson passou a tirar fotos de eventos, Alison começou a realizar filmagens em casamentos. Nesse momento começou a sentir falta de produzir as imagens que não tremiam, as que o encantavam quando criança. Foi aí que começou a pesquisar os equipamentos criados por Garret Brown, os steadycams, e mudou sua vida. Foram anos de investimento e estudo para começar a desenvolver seus próprios produtos de estabilização.

O início foi difícil. A conta “cliente x material” disponível não fechava, o tempo de produção ainda era muito alto e o trabalho muito pesado. “Com o tempo fui criando métodos para inovar. Se não existe o que você precisa, talvez possa dar uma alterada aqui, uma alterada ali, e deixar melhor do que se pegasse pronta. Foi preciso todo um grande planejamento para montar o próprio negócio, ou melhor, eu não diria negócio, mas sim conceito, pois é o conceito que você cria em seu produto, que é o que irá se disseminar pelo país”, conta. E a persistência deu certo! A marca registrada de Alison, “Kamus Image System®” http://www.sistemakamus.com.br , tem hoje mais de 400 clientes.

Para quem está começando agora, a dica de Alison é persistir. “Se você tem um sonho, não desista. Siga seu coração, crie suas técnicas e inove. Nós somos humanos e podemos fazer, em pouco tempo, o que pensamos que poderia demorar uma vida inteira. As pessoas são excepcionais, elas são surpreendentes, elas são o que move o mundo”.

Oficinas:
A paixão de Alison por Audiovisual o levou às Oficinas Tela Brasil em Castro, no Paraná. “O que mais marcou, foi ver que muitas pessoas têm talentos, talentos esses que são descobertos muitas vezes pelo incentivo de projetos como o Tela Brasil. Elas aumentam seu interesse pelo assunto, começam a querer saber cada vez mais e acabam se tornando profissionais”, recorda.

Comentários

  • maria angela

    09/05/2013

    Os irmãos Alison e Nilson, são profissionais incríveis, conheço o trabalho deles, é é realmente maravilhoso,o olhar artístico deles fazem pequenos detalhes de um evento se transformarem em algo marcante para quem os contrata, simplesmente um exemplo de excelentes profissionais, parabéns aos dois, muito merecido esse reconhecimento.

  • Lucimara

    09/05/2013

    Acompanhei após a vinda do Tela Brasil em Castro,o dia e a madrugada de Alison e Nilson,o caminho mudava e a certeza de que com muito trabalho e vontade de vencer daria certo,foram anos de dedicação.
    Tudo para melhor atender seus clientes,com melhores equipamentos Steadycam Kamus.

Envie seu comentário