Tela Brasil – O portal de formação e informação sobre o universo audiovisual » Blog Archive » Esposa de Guimarães Rosa é a protagonista de “Esse Viver Ninguém me Tira”

Esposa de Guimarães Rosa é a protagonista de “Esse Viver Ninguém me Tira”

Redação TelaBr - 11.12.2014

O documentário Esse Viver Ninguém me Tira estreia nesta quinta-feira (11) em São Paulo, Rio de Janeiro e Brasília. Primeiro longa-metragem dirigido por Caco Ciocler, o filme gira em torno da história de uma heroína anônima da literatura nacional: Aracy Guimarães Rosa, esposa do escritor mineiro Guimarães Rosa. A produtora Cine Group convidou Ciocler para dirigir a produção, exibida no Festival do Rio e no Festival de Gramado deste ano.

O desafio era tirar Aracy da sombra do marido famoso que se eternizou com  a obra Grande Serão: Veredas. O filme tem como principal objetivo colocá-la em um protagonismo independente do escritor. “Eu fui convidado pela Cine Group, mas acho que minha origem judaica pesou tanto para eu ter aceito o convite quanto para a decisão da Cine Group de escolher a mim para dirigir esse filme”, comentou o diretor na ocasião em que o longa foi exibido em Gramado.

Caco Ciocler e a equipe da produtora passaram mais de dois anos envolvidos com o projeto, que foca na trajetória vivida por Aracy em Hamburgo (Alemanha), no período em que trabalhava como chefe do setor de passaportes do consulado brasileiro e decidiu ajudar judeus a emigrarem para o Brasil, contrariando o regime nazista e as circulares secretas emitidas pelo governo de Getúlio Vargas.

Mais do que contar a história de uma heroína desconhecida, o filme também tem a intenção de trabalhar a figura da mulher como símbolo de resistência diante de um cenário de guerra e limitações. “Nossa expectativa é promover uma reflexão principalmente sobre os 25 anos da queda do muro de Berlim, na Alemanha. Não podemos tolerar perseguição e preconceito seja onde for. Esse filme mostra uma mulher com coragem de não se render as regras que lhe foram impostas”, diz  Mônica Monteiro, CEO da Cine Group.

 

Comentários

Não há comentários no momento.

Envie seu comentário